segunda-feira, 6 de agosto de 2012

postado por Jaqueline Oliveira em segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Psicólogo, Psiquiatra, Psicanalista, Terapeuta... você sabe a diferença?




Muito se fala por aí em fazer terapia, análise, psicoterapia... psicólogos, psiquiatras, terapeutas etc, mas muita gente confunde tantos termos e acaba sem saber dire
ito o que faz cada um e onde buscar exatamente aquilo que serve a pessoa.

Psicólogo é um profissional formado em Psicologia, que após 5 anos na Universidade está apto a tratar de problemas e questões emocionais e psicológicas e a ajudar-nos na resolução e remoção dos conflitos, obstáculos e dificuldades que muitas vezes temos em nossas vidas.


Psiquiatra é um profissional formado em Medicina, que após 6 anos na Universidade está apto a tratar das causas orgânicas que causam transtornos psiquiátricos e que devem ser tratadas com medicamentos, os quais só o médico pode prescrever.


Psicanalista ao contrário do que muitos pensam não é uma profissão, é uma especialização numa linha de pensamento, tanto um psicólogo, como um médico de qualquer área e não necessariamente um psiquiatra, podem após um curso sobre psicanálise, tornar-se psicanalistas. Da mesma forma que existem pessoas que dizem ir ao psicanalista, você poderia dizer que vai ao comportamentalista, ao humanista ou ao construtivista, existem muitas linhas de pensamento que sozinhas não constituem uma profissão.


Terapeuta é outro termo que costuma causar confusão pela variedade que traz, o terapeuta não é necessariamente um psicólogo ou um psiquiatra, é alguém que através de um curso de formação em uma técnica terapêutica específica se torna apto a exercer aquela técnica. Como, por exemplo, terapeutas de florais de Bach, de shiatsu, de constelações familiares, de arte-terapia, de bioenergética etc. O psicólogo e o psiquiatra podem também ser terapeutas quando cursam uma especialização, que são cursos de formação específicos e tem durabilidade variável.


Psicoterapeuta é um termo ainda mais confuso popularmente, pois traduzindo deveria significar, aplicação de terapia psicológica, ou seja, freqüentar um psicólogo é fazer psicoterapia. Porém nem todos que se intitulam psicoterapeutas são psicólogos.


Por isto é preciso estar atento ao profissional que você escolheu, se ele é psicólogo, psiquiatra ou terapeuta, se ele tem boas referências, se tem a formação necessária para te prestar o atendimento que você necessita e principalmente se deixa claro desde o início da terapia como é o trabalho dele.


0 comentários:

Postar um comentário